AddThis Social Bookmark Button

Fábulas e paradigmas

O Casal de Periquitos

Sabe-se que os periquitos só vivem em bando e pares. Pois uma periquita vivia com seu periquito sem exigir-lhe nada aparentemente, apesar de o marido trabalhar muito para dar-lhe tudo. Diante das sucessivas negativas da despretensiosa parceira em receber presentes - "de nada precisava!" dizia ela -, o periquito tentava trabalhar menos. Porém, quando chegava cedo em casa trazendo alguns presentes à amada, esta repetia:

- Querido, não precisava... não quero nada, apenas que você não trabalhe muito! É verdade que precisamos de um poleiro novo, sim, mas não te incomodes...

O periquito trabalhava para conseguir o poleiro, e quando o trazia para casa, muito contente, a periquita respondia como sempre:

- Amor, para que tanto esforço? Não precisamos de nada! Talvez algumas sementes novas, mas descanse meu docinho... é o que quero!

Lá ia o periquito buscar as sementes novas e recebia as mesmas frases ao voltar para casa. Um dia, entrou em confusão mental e foi internado com o uso de camisa de força. A periquita percebeu que nada mais poderia desejar, e não vivendo só por natureza, morreu dois dias depois."

 

Moral da história: mensagens duplas, duplos erros.

Rachel Gazolla

Visite a seção  “Fábulas e histórias” no site www.hypnos.org.br

Home      Capa

  • leiamais

Leia também outros artigos

39. Filosofar pra quê?
AddThis Social Bookmark Button

Filosofia com Pipoca

Filosofar pra quê?

Edson Pipoca

blogdopipoca.wordpress.com

 

 As pessoas dizem: “Filosofia é muito chata!” E é mesmo! Daqui imagino 10 coisas legais que poderíamos fazer em lugar de Filosofar. Ficar no facebook postando filosofia de beira de estrada; arrumar uma gata e... bem ... e ter filhos... e pagar pensão, e... ficar filosofando sobre e se eu tivesse usado camisinha? Bem, talvez não sejam 10, mas o troço é de pirar o cabeção mesmo. 

Leia mais...
Entrevista Mônica Aiub
AddThis Social Bookmark Button

Entrevista

Mônica Aiub­­1

Colaboração: Almir José da Silva

O que é Filosofia Clínica? E como se originou este ramo?

A filosofia clínica é uma terapia que faz uso da metodologia filosófica para abordar questões existenciais, e tem como princípios fundamentais o respeito à singularidade e a

Leia mais...
Platão & Jung - Vocação - educação - cidadania
AddThis Social Bookmark Button

Platão & Jung - Vocação - educação - cidadania

Este artigo apresenta uma breve reflexão comparativa entre os tipos de caráter apresentados na obra platônica e na tipologia junguiana. Para tanto, faz-se necessário inicialmente formular um descritivo de ambos os sistemas, com os seus respectivos fundamentos, a fim de que se possa estabelecer paralelos entre as duas teorias, com seus pontos de convergência e, evidentemente, com os de divergência.

Leia mais...
41. Expediente
AddThis Social Bookmark Button

Expediente

Revista Paradigmas

Filosofia, Realidade & Arte

Ano XIII - n. 41

ISSN 1980 - 4342

março/abril – 2014

Leia mais...
39. Teste seus conhecimentos
AddThis Social Bookmark Button

Teste seus conhecimentos

1. Segundo Plotino, podemos afirmar, quanto à alma:

a             Cada homem possui uma única alma, a qual é una e indivisível;

b             O homem possui duas almas, uma originada no Caos e outra no Cosmo;

c              O homem  possui duas almas, uma  causada  pelo   divino  outra  pelo   universo,     as    quais   se   unem definitivamente após a morte do  homem;

d             O homem possui duas almas, uma causada pelo divino  outra pelo universo, as quais se separam após a morte do homem.

Leia mais...