A concepção de sujeito no Tractatus de Wittgenstein [1]

 Wittgenstein apresenta sua concepção de sujeito em alguns aforismos do Tractatus[3] de forma breve e, às vezes, enigmáticas. O objetivo deste trabalho é clarificar a concepção de sujeito volitivo do Tractatus.

Leia mais...

Michel Foucault: um intelectual específico

 

Para Foucault, não podemos pensar o papel do intelectual separado de seu engajamento político, e, para demonstrar esta questão, ele vai apontar a diferença entre o intelectual universal e o intelectual específico, mostrando que o intelectual que atuava no plano do “universal” e do “exemplar” é

Leia mais...

 A consciência Pós-Moderna como emanação da filosofia trágica

Renato Nunes Bittencourt[1]

O projeto filosófico da Modernidade postulava o progresso da condição humana em suas interfaces morais e técnicas, como se porventura fosse possível ocorrer uma associação intrínseca das duas instâncias em uma convergência teleológica rumo ao aprimoramento contínuo da vida.

Leia mais...

Mitologia e Filosofia: um debate                  

Um dos fatos mais interessantes na história da humanidade como um todo é tentar explicar o início de tudo, os acontecimentos do cotidiano e as possibilidades de entender a vida pós-morte. Em todos os tempos sempre ocorreu aos homens perguntar-se sobre sua origem e a do próprio universo que os cerca.

Leia mais...

Música: terapia social

Desde os primeiros tempos, a linguagem é o veiculo que medeia a comunicação entre o humano e o mundo. È por meio dela que se pode, minimamente, tornar inteligíveis idéias, imaginação, sentimentos e toda uma gama de experiências, que pertencem à dimensão subjetiva e singular de cada membro de uma sociedade. Num âmbito mais amplo, é ela mesma a maior expressão de uma sociedade,

Leia mais...

AddThis Social Bookmark Button
  • leiamais